06-Set-2017 16:41 - Atualizado em 08/09/2017 11:03
Superação

Equoterapia: meu primeiro passo

Após acidente de carro, Rodrigo Beduchi encontrou no seu quarto de milha a força para retomar à vida com mais qualidade.

abqm, 2017, imprensa,
ABQM

Foi nos livros que Rodrigo Beduschi, 37, descobriu a importância da equoterapia. A busca por informações sobre o método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo começou no ano de 2010. Época em que o médico veterinário sofreu um acidente de carro e teve uma lesão medular. Mesmo sem os movimentos das pernas, Beduschi não parou. Com o auxílio do tratamento, ele seguiu administrando a fazenda da família e montando cavalos.

abqm, 2017, imprensa,
ABQM
 “A equoterapia foi o primeiro passo para que eu voltasse a andar a cavalo. Ela me ajudou no tratamento da lesão medular e possibilitou fazer novamente o que mais gosto na vida, que é montar. Procuro fazer isso no mínimo uma vez por semana na fazenda, pois a visão do gado de cima de um cavalo tem seu valor. E o Quarto de Milha tem me ajudado nisso, pois tem conformação e temperamento ideais para a lida com a boiada”, destaca Rodrigo.

Apaixonado e feliz pelo que faz, ele se divide entre os Estados do Mato Grosso e Rio Grande do Sul. “Na Região Centro-oeste estão os negócios da minha família, onde administro o setor de pecuária, e na Região Sul a minha criação de cavalos Quarto de Milha. Animais que todos os anos preparamos para as competições da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM)”, revela o campeão estadual da modalidade de Ranch Sorting.

Rodrigo, que começou a montar quando criança, ainda competiu em outras modalidades – Team Penning, Seis Balizas, Três Tambores e Laço Comprido – e alcançou almejados títulos. “Com diversas linhagens em uma mesma raça, o Quarto de Milha é ideal para provas de velocidade e trabalho”, assegura. Duas de suas potras estiveram entre os 400 animais do 10º Congresso Brasileiro ABQM de Laço Comprido, realizado durante a Expointer 2017, em Esteio (RS).

Os principais benefícios da equoterapia

Os cavalos são selecionados e separados segundo uma série de características físicas e psicológicas e necessitam ser constantemente trabalhados e adaptados para a equoterapia. Através do Projeto EquoABQM, a associação apoia seis centros de equoterapia, que atuam em sete cidades e atendem 94 praticantes. “É indicada para o tratamento dos mais diversos tipos de comprometimentos motores e sociais”, ressalta a coordenadora do projeto, Katharina Metzler.

“O passo do cavalo exercita o equilíbrio, a coordenação, o tônus muscular e a postura. Além disso, possibilita ganhos psicológicos, aumentando a autoestima e a autoconfiança”, explica. As sessões do projeto são individuais e têm a duração média de 30 minutos cada. O tratamento de equoterapia dura em média dois anos, podendo ser reduzido ou estendido em função do diagnóstico, da característica de cada praticante, além de outros fatores intervenientes.

abqm, 2017, Rodrigo Debuchi, Equoterapia, Quarto de milha,
ABQM

 

Jean Vasconcelos
Deixe seu Recado