31-Mar-2022 15:28 - Atualizado em 31/03/2022 15:53
Solidariedade

ABQM doa 41 cavalos à equoterapia

Solenidade de entrega foi realizada na terça-feira (29/3), com membros da diretoria, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, e representantes de entidades

banners novos nov-2021, 2021, banners,
Banners novos nov-2021

ABQM doa 41 cavalos à equoterapia
1/4
ABQM doa 41 cavalos à equoterapia
2/4
ABQM doa 41 cavalos à equoterapia
3/4
ABQM doa 41 cavalos à equoterapia
4/4

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) doou 41 animais da raça Quarto de Milha para 22 centros de Equoterapia de todo o país. A ação foi realizada por meio do Pátria Voluntária, Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado do Governo Federal, em parceria com o Ministério do Turismo, com a Associação Nacional de Equoterapia (ANDE-Brasil) e com o apoio do Parque de Exposições Granja do Torto (PGT). A solenidade de entrega (simbólica) ocorreu na terça-feira (29/3), com a presença de representantes de representantes das entidades envolvidas e do governo, entre eles a primeira-dama Michelle Bolsonaro, presidente do Conselho do Programa.

A cerimônia também contou com o ministro do Turismo, Gilson Machado, o subprocurador Geral da República, Luiz Augusto Santos Lima, além do presidente da ANDE-Brasil, coronel Jorge Dornelles, o presidente da ABQM, Caco Auricchio, bem como os vice-presidentes da entidade, Jonatas Dantas e Pauluca Moura, a secretária executiva do Projeto Pátria Voluntária, Adriana Pinheiro, e o presidente do Parque Granja do Torto, Eugênio Farias.

“Precisamos desmitificar as práticas esportivas, mostrar à sociedade, cada dia mais urbana, que a relação homem e cavalo veio originalmente do campo, numa relação puramente de amor. O preconceito deve ser combatido. Para isso, é fundamental o apoio e a defesa dos Esportes Equestres por nossas autoridades”- Caco Auricchio, presidente da ABQM

A doação dos 41 cavalos é mais uma ação da ABQM, com o objetivo de ampliar a oferta de Equoterapia no Brasil. O método terapêutico gera benefícios físicos, motores e psíquicos a seus praticantes. “Esse é mais um momento histórico para o Quarto de Milha. Neste ano, iremos investir R$ 1 milhão nesse projeto. Somos uma Associação com mais de 50 anos de existência, que tem olhado em todas as direções, com o intuito de promover grandes ações e é isso que iremos fazer”, destacou o presidente da ABQM.

Caco ainda mencionou características que fazem do Quarto de Milha a raça ideal para essa prática. “O temperamento dócil e a inteligência do cavalo são essenciais para a Equoterapia”, pontuou o presidente. “Esse método terapêutico nos dá a oportunidade de conviver com esses seres tão inteligentes, fortes e sensíveis, ao mesmo tempo. Essa troca não tem preço, essa experiência é divina. Agradecemos à ABQM por esse presente tão importante para a vida das nossas crianças, que merecem todo o nosso amor e respeito”, completou a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Para Auricchio, existe um “preconceito” por parte das pessoas que não conhecem o universo de quem vive e trabalha com cavalos, uma paixão que emprega milhões de famílias. “Precisamos desmitificar as práticas esportivas, mostrar à sociedade, cada dia mais urbana, que a relação homem e cavalo veio originalmente do campo, numa relação puramente de amor. O preconceito deve ser combatido. Para isso, é fundamental o apoio e a defesa dos Esportes Equestres por nossas autoridades”, acrescentou.

O presidente da ABQM também destacou em sua fala a importância do cavalo para a economia brasileira. Na sequência, o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, mencionou os números do turismo equestre no Brasil e toda a cadeia econômica que esse segmento movimenta. “Nosso país tem quase seis milhões de cavalos e o setor gera 3,5 milhões de empregos, movimentando mais de R$ 30 bilhões/ano no nosso território”. Gilson também falou sobre a doação: “Os animais serão muitos importantes para a Equoterapia no Brasil”.

“O povo brasileiro é reconhecido como uma das sociedades mais inclusivas e solidárias. Mais uma vez, a ABQM, aqui representando toda a Equideocultura, dá mais um exemplo de solidariedade, doando 41 cavalos para uso na Equoterapia. É o social na prática. Parabenizo o presidente da ABQM, a quem nos acostumamos carinhosamente nominar como presidente Caco, pela iniciativa, pelo exemplo, e diria mais: ‘didático exemplo’ a instigar outros setores econômicos a praticar a inclusão social, a proporcionar oportunidades em que nos emocionemos ao ver crianças e jovens com deficiência superando limites, em pura relação de amor com esse magnífico ser que é o cavalo. Parabéns, ABQM”, afirmou o subprocurador Geral da República.

Também participaram da solenidade
- Associação de Equoterapia de Morrinhos (GO);
- Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Cristalina (APAE/GO);
- Centro de Equoterapia da Hípica Santa Terezinha (SP);
- Associação Paraibana de Equoterapia (PB);
- Instituto de Ensino e Pesquisa Alberto Santos Dumont (RN);
- Centro de Equoterapia São Cottolengo (GO);
- Centro de Equoterapia APAE Gurupi (TO);
- Centro de Equoterapia da Ande-Brasil (DF).

O presidente da ANDE-Brasil, coronel Jorge Dornelles, destacou a importância desse tipo de tratamento. “Trata-se de um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar. Quando começamos, há 30 anos, trabalhávamos somente com crianças com Síndrome de Down. Hoje, é abrangente em diversas condições de saúde, como Autismo, Paralisia Cerebral, Esclerose Múltipla, enfim, uma série de tratamentos possíveis a partir do uso do cavalo, para a reabilitação da saúde e da qualidade de vida”, explicou.

Estados beneficiados pela doação

Ao todo 22 centros credenciados à ANDE-Brasil, no DF e em 11 estados do país (AL, GO, MG, MS, PB, PR, RN, RO, RS, SP e TO), foram beneficiados pela doação. Um deles é o Centro de Equoterapia de Jaguariúna (SP). “Desde que eu nasci eu monto e isso foi essencial para minha vida, pois eu só descobri que estou dentro do espectro autista ano passado, e tenho certeza que o contato com o cavalo teve papel fundamental no meu desenvolvimento. E é isso que queremos proporcionar através desses animais”, declarou a gestora do centro, Veridiana Mellilo.

 

doação equoterapia, abqm, 2022, imprensa, Divulgação
A paratleta Veridiana Real: exemplo dos benefícios do cavaloDivulgação

Participação da paratleta Veridiana Real marcou cerimônia
Montada a cavalo Quarto de Milha, a paratleta Veridiana Tranjan Real realizou participação no evento. “Na sela do cavalo, superei as limitações motoras e de visão. Depois de longos tratamentos e várias cirurgias, o cavalo me conduziu até aqui. Só ele foi capaz de me proporcionar sensações e emoções jamais vividas antes. Poder participar deste momento é motivo de muita honra e felicidade. Desejo que, através desses 41 cavalos, outras vidas sejam transformadas pela Equoterapia”, discursou a paratleta tricampeã nacional.

Assessoria de imprensa ABQM
Deixe seu Recado