16-Nov-2021 16:16 - Atualizado em 16/11/2021 18:06
Eleições CBH

Bárbara Laffranchi confirma que concorrerá à presidência da CBH

Em post no Instagran, empresária diz que mantém a candidatura ao lado de Fernando Sperb (Fêfo) como vice: "Vamos continuar lutando até o final", afirma

banners novos nov-2021, 2021, banners,
Banners novos nov-2021

novembro, eleição Bárbara Laffranchi, Reprodução
Clique na imagem para ver a postagemReprodução
Em publicação na conta "Hipismo Forte e Ativo" do Instagram, a empresária Bárbara Laffranchi confirmou que vai disputar a nova eleição para presidência da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) para a gestão 2021/24, marcada para o dia 23 de dezembro, no Rio de Janeiro. Ela encabeça a chapa que tem como vice o cavaleiro e advogado Fernando Augusto Sperb (Fêfo), repetindo a formação que disputou a polêmica eleição de 29 de janeiro, anulada pela Justiça depois de quase um ano de disputas nos Tribunais (Veja AQUI). 

Se dirigindo ao público em geral, Bárbara disse estar feliz "porque a Justiça foi feita com as novas eleições na CBH. “Eu e o Fêfo estamos juntos, estamos firmes. Vamos continuar lutando até o final por eleições justas; não desistiremos tão fácil”, afirmou ela. Em outro vídeo postado no Instagram, a chapa elenca algumas propostas que a candidata defende como importantes para que o "esporte volte a crescer", como a "desoneração do hipismo brasileiro".

Conforme postagem, as mudanças seriam implantadas em três diferentes áreas. Uma delas seria a redução, ou até mesmo extinção, da taxa anual das federações que, segundo a candidata, representa menos de 2% da receita da CBH. A empresária também propõe "fortalecer as federações com mais receitas", para que tenham condições de realizar mais pelo hipismo regional em todo o país, dando ampla liberdade e autonomia sem que essa obrigação financeira possa trazer amarras às federações estaduais".

Em outra frente, a chapa promete atuar junto aos organizadores de concurso, assim como a taxa da inscrição anual do cavaleiro. A candidata diz que o cavaleiro já paga a taxa na Federação estadual e promete extingui-la, caso vença as eleições.

Até o momento, nenhuma outra chapa confirmou participação na eleição da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH). Para ler todas as publicações sobre a polêmica em torno das disputas pelo comando da maior entidade esportiva equestre do Brasil, digite "Eleição CBH" no campo de busca.  

Claudio Rostellato/Revista Horse
Deixe seu Recado