28-Mar-2022 14:51 - Atualizado em 28/03/2022 17:02
Enduro

Cavalos e cavaleiros brasileiros se destacam na França 

André Vidiz e Shogun Endurance vencem o CEI3* de 140 km. Leo Steinbruch e o francês Alexis Moran também se destacaram em árabes de criação brasileira

banners novos nov-2021, 2021, banners,
Banners novos nov-2021

enduro 140 km frança, árabe, 2022, imprensa, Fotos: Leon Blurck
O conjunto André Vidiz/Shogun Endurance ficou em 1º na categoria CEI3* 140kmFotos: Leon Blurck
A criação nacional continua fazendo história e brilhando cada vez mais forte no cenário internacional. No último final de semana, coube ao Enduro Equestre colocar o Brasil no ponto mais alto do pódio. Montando Shogun Endurance, André Diniz ficou em 1º na categoria CEI3* 140km, no Internacional de Enduro realizado em Fontainebleau (França), na última sexta-feira (25/3). De quebra, Leo Steinbruch (do Brasil), montando Blue Jeans Endurance, e o francês Alexis Moran, montando Waradmiral Endurance, também se destacaram no evento, todos com animais da raça Árabe, pertencem ao Haras Endurance, de Bragança Paulista (SP).

Completando a prova com 28min17s antes da segunda colocada. Destacou também a importância da conquista na projeção e visibilidade da criação nacional em terras francesas. “Apesar de não ter sido uma categoria tão competitiva, foi muito importante para mim ganhar os 140km de uma das provas mais respeitadas do calendário francês”, comemorou o cavaleiro brasileiro.

Outro cavaleiro brasileiro que se destacou na prova, só que na categoria CEI1 103km, foi Leo Steinbruch. Montando Blue Jeans Endurance, animal de apenas 8 anos, de criação e propriedade do Haras Endurance, fechou a prova na 25ª colocação, com velocidade média de 16,4km/h. Entre os 45 conjuntos que largaram, sendo que 36 concluíram a trilha.
Já o francês Alexis Moran, montando Waradmiral Endurance, animal também criação e propriedade do Haras Endurance, venceu a etapa do Ama1GP 103km. Com velocidade média de 21,5 km, Moran/Waradmiral foi um dos sete conjuntos que completaram a etapa.

Integrante da equipe brasileira vice-campeã mundial em 2021, em Pisa, na Itália, Vidiz e seu cavalo Shogun Endurance estão na Itália desde o ano passado, no Centro de Treinamento SG Endurance, de Daniele Serioli. Chambord Endurance, Blue Jeans Endurance e Waradmiral Endurance também treinam no mesmo local, enquanto competem na temporada europeia.

Assesssoria de imprensa ABCCA
Deixe seu Recado