05-Mar-2020 11:46 - Atualizado em 05/03/2020 19:02
Treinamento

Exercícios da escola acadêmica - Parte 3

Espádua a dentro ajuda a desenvolver impulsão, amplitude de movimento e simetria de impulsão

Revista Horse,
Banners

Treinamento - Dudi, Rédas, Revista Horse, Eduardo Borba
FOTO 1 - Momento do exercício onde observamos abertura do membro anterior esquerdo e engajamento do membro posterior direitoEduardo Borba
Neste artigo vamos descrever a espádua a dentro. Lembrando que este exercício ainda está dentro da categoria dos denominamos cedências. Para melhor entendimento seria interessante o leitor ler as três edições anteriores (números 96,97 e 98) para que possa fazer um melhor sentido.

Vou descrever esse exercício apenas sendo executado de um lado, com o cavalo arqueado para direita se deslocando para a esquerda, para não ficar repetitivo. Para ser praticado do outro lado é só inverter o lado das ajudas. O exercício pode ser praticado tanto numa reta como num círculo. Aqui vamos descrevê-lo sendo praticado na reta. Vamos usar a cerca como referência da linha reta para facilitar para o cavalo e cavaleiro.

Movimento do cavalo:

Nesse movimento,  o cavalo vai estar arqueado ao contrário da direção do movimento. Então vamos supor que estamos nos deslocando da direita para a esquerda. Então nosso cavalo estará com o corpo arqueado para a direita, se deslocando para a esquerda (figura 1 e foto 1).

Como explicamos nos artigos anteriores, quando falamos 

Treinamento - Dudi, Rédeas, Revista Horse, Espádua, Apoios, Reprodução do Livro
FIGURA 1 - : Espádua a dentro: cavalo arqueado para direita se deslocando para a esquerdaReprodução do Livro
lado de dentro e de fora do cavalo e do cavaleiro nossa referência é com relação ao arqueamento do corpo do animal. O lado de dentro é o lado do arqueamento e o lado de fora é o lado contrário do arqueamento.
Como estamos citando o exemplo do cavalo arqueado para direita, então nesse caso o lado de dentro do cavalo e cavaleiro é o direito, e o lado do fora, o esquerdo. 

Retornando ao movimento do cavalo vamos considerar o exemplo anterior (cavalo se deslocando da direita para a esquerda).  Então ele vai estar arqueado para direita se deslocando para a esquerda. 
Traçando uma linha reta  como referência, a garupa vai estar andando em cima dessa linha e a  paleta vai estar deslocada para dentro desta linha (por isso o nome de espádua a dentro, figura 1 e foto 1).  

Objetivo

Nesse movimento vamos promover a abertura dos membros anteriores (foto 1) e posteriores (foto 2) de fora, que nesse caso serão os esquerdos, e cruzamento dos membros anteriores (foto 2) e posteriores (foto 1) de dentro, que neste exemplo serão os direitos. 
Como nesse exercício as espáduas (paleta) descrevem um movimento 

Treinamento - Dudi, Rédeas, Revista Horse, Eduardo Borba
FOTO 2: Momento do exercício onde observamos cruzamento do membro anterior direito e abertura do membro posterior esquerdoEduardo Borba
maior que a garupa, há uma transferência do peso das espáduas para a garupa, promovendo reunião, engajamento. 

No movimento citado na matéria da edição 97 (cedência com a garupa a dentro da pista) acontece o inverso. Como a garupa se desloca mais que a paleta, temos uma transferência do peso para as paletas.

Então, a espádua a dentro nos ajuda na mobilidade e levantamento dos membros anteriores, engajamento do posterior interno e fortalecimento do dorso, ajudando a desenvolver impulsão, amplitude de movimento e simetria de impulsão e amplitude entre os  lados do cavalo.

Ajudas do cavaleiro

A perna de dentro, no caso citado à direita (foto 1), trabalha perto da barrigueira, ajudando na construção da encurvatura e no deslocamento do cavalo para o lado contrário à encurvatura.  A perna de fora (foto 3) está na posição natural, ajudando na impulsão do cavalo. A rédea de dentro, no caso citado à direita (foto 2), trabalha a encurvatura do animal.

Treinamento - Dudi Ometto, Rédeas, Revista Horse , Eduardo Borba
FOTO 3: Momento do exercício onde observamos a rédea de fora (esquerda) trabalhando a impulsão do movimentoEduardo Borba
A rédea de fora (foto 3) impulsiona o movimento. Sempre é adequado dizer que pode existir algumas alterações das ajudas de acordo com algumas necessidades especiais de posição de corpo que algum indivíduo(cavalo) possa apresentar.

Com este artigo enceramos o assunto das cedências, iniciando no próximo o assunto dos apoiares. Até breve. (Artigo publicado na edição 99 da Revista Horse)

LEIA TAMBÉM: PARTE 1 - PARTE 2 - PARTE 4
-------------------------------------------------------------------------
Referências bibliográficas: Montando fácil, volume1, Wilson Ricciluca Junior. Apontamentos Eqüestres, Nuno Coelho Vicente. Adestramento para a Nova Era, Dominique Barbier.

 

Revista Horse
Dudi Ometto

Dudi Ometto

Treinadora de Rédeas do Projeto Doma e Zootecnista. E-mail: [email protected]

Deixe seu Recado