10-Mar-2020 15:40 - Atualizado em 10/03/2020 15:57
Mangalarga

Leilão Tarlim fatura R$ 4,3 milhões

banners,
Banners

leilão tarlim, mangalarga, , Pedro Rebouças
Faturamento desta edição registrou um crescimento de 45% na comparação com 2019.Pedro Rebouças
A 5ª edição do Leilão Tarlim de Mangalarga, promovido pelo Haras Tarlim na noite de 7 de março, na sede do criatório, em Jaguariúna (SP), comprovou a força e vitalidade do mercado do Cavalo de Sela Brasileiro.  O evento movimentou a expressiva receita de R$ 4.355.800,00. Os números tornam-se ainda mais expressivos se considerar que maior parte do lotes foi vendida apenas 50% dos produtos.

Os machos negociados no remate alcançaram a cotação média de R$ 309.400,00, enquanto as fêmeas atraíram um investimento médio de R$ 246.208,00. Os embriões, por sua vez, obtiveram uma valorização média de R$ 88.000,00.

O principal momento da noite,  organizada pela Programa Leilões e  conduzido pelo leiloeiro rural João Gabriel, foi protagonizado pela premiada alazã Tél Shakira da S.L.G. A Sela de Ouro da Raça Mangalarga teve 50% de seus direitos adquiridos por R$ 650.000,00 pelo Haras VJC, de Tijucas do Sul (PR). Já o Haras Espinhaço, de Botucatu (SP), investiu R$ 478.400,00 para adquirir 50% dos direitos da comprovada matriz Jacira SP do Papu, que alcançou a segunda maior cotação do leilão.

Os destaques da noite, entretanto, não pararam por aí, com os representantes da nova geração da seleção Tarlim atraindo lances expressivos. Em seu primeiro investimento na raça, a empresária Patrícia Gusmão aportou R$ 431.600,00 na aquisição de 50% do potro Egito da Tarlim. Por sua vez, o empresário José Semenzato investiu R$ 265.200,00 na aquisição de 50% dos direitos da potranca Expressão da Tarlim.

Ao fim do leilão, o titular do Haras Tarlim, Fernando Tardioli Lúcio de Lima, mostrou seu agradecimento e fez questão de ressaltar que aquela era uma festa da raça Mangalarga. “Eu gostaria de deixar meu agradecimento a todos que estiveram presentes esta noite, pois, graças ao apoio e à confiança de cada uma dessas pessoas, nós pudemos ter uma verdadeira mostra do vigor e da força do nosso cavalo, assim como um momento muito especial de celebração da raça Mangalarga.”

Tardioli ressaltou ainda que o evento vem sendo a porta de entrada para a raça de um expressivo número de pessoas. “Ao longo dos anos, além de reunir os mais conceituados criadores, o Leilão Tarlim tem atraído uma série de novos investidores e potenciais criadores que aos poucos vão se apaixonando cada vez mais pelo nosso cavalo. Hoje, para nossa alegria, isso se repetiu mais vez. É muito bom saber que estamos plantando esta semente para a Mangalarga.”

Após a conclusão do remate, a programação do evento prosseguiu noite adentro com um espetáculo da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, responsável por proporcionar um animado momento de confraternização para a comunidade do cavalo Mangalarga.

Para obter mais informações sobre o 5º Leilão Haras Tarlim, cuja bilheteria foi revertida para o projeto Amigos do Bem, entidade cuja atuação busca transformar a realidade de milhares de famílias no sertão nordestino, visite o portal www.programaleiloes.com.br ou telefone para (43) 3373-7077.

 

Legenda da foto: Faturamento desta edição registrou um crescimento de 45% na comparação com 2019.

 

 

Assessoria de Imprensa/Revista Horse/Crédito da foto: Pedro Rebouças.

Deixe seu Recado