12-Fev-2020 15:07 - Atualizado em 13/02/2020 09:21
Falecimento

Morreu Ênio Monte, um ícone do cavalo

Fundador de três associações de raça, Doutor Ênio tinha 91 anos e faleceu nesta quara-feira, 12/1. O enterro será nesta quinta-feira no Cemitério Vila Mariana. 

banners,
Banners

geral, 2020, imprensa,
Geral
Faleceu no início da tarde desta quarta-feira, 12/2, Ênio Monte, um dos principais incentivadores da criação de cavalo no Brasil. Doutor Ênio, como era conhecido, tinha 91 anos e completaria 92 no próximo dia 31 de maio. A causa da morte foi diagnosticada como embolia pulmonar. O velório será na manhã de quinta-feira, 13/2, a partir das 9h, no Cemitério Vila Mariana (Rua Batista Caetano, 300) O enterro está previsto para ocorrer entre às 12 e 13h do mesmo dia (Avenida Lacerda Franco, 2012 - Cambuci, São Paulo).
Ênio Monte foi casado com Antônia Trade Monte, conhecida como Antonieta, falecida há pouco mais de dois meses, no dia 8 de dezembro de 2019, também com 91 anos.
O falecimento ocorreu por volta das 12h45. Seu Ênio estava voltando para a casa, depois de sair com seu filho Lourival e a neta Priscilla. "Deixei meu pai no estacionamento ao lado do elevador, para facilitar seu acesso. Depois de estacionar, voltei e o encontrei caído", contou Lourival. Segundo ele, Seu Ênio estava superbem e muito feliz. "Ele adorava sair com a neta", lembra.

ÍCONE DO CAVALO

Proprietário do Haras Itapuã, Ênio Monte era considerado um ícone na comunidade equestre brasileira, pelo incentivo ao cavalo de esporte. Foi fundador, junto com outros criadores,  de importantes instituições equestres, entre elas a Associação Brasileira do Cavalo de Hipismo (ABCCH), Associação Brasileira do Cavalo Puro Sangue Lusitano (ABPSL) e da Associação Brasileira do Cavalo Andaluz (ABCA). "Dr. Ênio Monte foi um ícone do cavalo no Brasil e um dos maiores incentivadores do cavalo de esporte. Cavalo de esporte hoje é o que é no Brasil graças ao Dr. Ênio. Era um grande amigo meu, uma pessoa que eu tive muito conhecimento. Comprei vários animais dele, praticamente a minha criação a base é Itapuã. É uma perda lamentável", lamentou Ismael Silva, presidente da ABPSL.

O médico gaúcho Ricardo Brum Marantes também lamentou a partida do criador paulista, lembrando a história que deu origem à sua criação de Lusitanos no Rio Grande do Sul. "Comprei dois garanhões do Dr. Ênio Monte. Como todos aqui, fiquei encantado com seus conhecimentos, sua modéstia e gentileza. À época, me propôs uma parceria para incrementar o Andaluz aqui no Sul e me mandou 50 éguas Itapuã. No outro dia, me liga e pergunta se eu o Ottoni, meu sócio, não nos importaríamos de por o nome Itapuã Sul no haras. Não acreditei. Nós, recém iniciando a criação, e o Dr. Ênio Monte pedindo para que usássemos o nome Itapuã, conhecido internacionalmente. Só um fora de série excepcional para ter esta modéstia e gentileza com dois principiantes", conta Marantes. "Já estamos com muitas saudades suas, Dr. Ênio ", complementa
 
A preocupação com o incentivo e com o fomento da cultura equestre nacional ficou evidente em uma das entrevista que Doutor Ênio Monte concedeu à Revista Horse, em outubro de 2010. Para ler, clique na imagem abaixo. A Revista Horse lamenta a perda desse grande incentivador do cavalo no Brasil e se solidariza com toda a família.

geral, 2020, imprensa,
Geral

Revista Horse
Deixe seu Recado