18-Set-2019 11:36 - Atualizado em 18/09/2019 12:03
Nova geração

Nata jovem do hipismo dá boa largada no Sul-americano do Paraguai

Competição no Club Hipico Paraguayo reúne 109 jovens talentos de seis países. Brasil tenta repetir performances de 2018, quando venceu em todas as cateogrias

banners,
Banners

sul-americano 2019 - paraguai, 2019,hipismo, juventude, Luis Ruas
Lara Ozores com SL Ilustre: 2ª colocada Pré-juniorLuis Ruas
O Brasil começou, nesta terça-feira, 17, com o pé direito o Campeonato Sul-americano da Juventude FEI - FEI Americas Championship - no Club Hipico Paraguayo, em Mariano Roque Alonso, na região de Asuncion. Considerada favorita, a nata jovem do hipismo nacional tem a missão de repetir o feito de 2018 quando conquistou todos os títulos por equipes e individuais no Sul-americano no Chile. Disputam a competição na categoria Pré-mirim (8 a 11 anos), 39 conjuntos, Mirim (12 a 14 anos), 21,
sul-americano 2019 - paraguai, 2019, Hipismo, juventude, Luis Ruas
Laura Zanoide com Winner: melhor colocada na 1ª parcial Pré-mirim Luis Ruas
Pré-junior (14 a 16 anos), 24, Junior (14 a 18 anos), 15, Young Riders (16 a 21 anos), 10, totalizando 109 jovens talentos provenientes do Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Peru e, é claro, Paraguai. A competição se estende até domingo, 22/9,

Abrindo a competição, os Pré-mirins largaram na 1ª parcial direto ao cronômetro, a 1.10 metro. Cautelosos e sem arriscar muito na velocidade visando o pódio por equipes, os jovens talentos brasileiros vêm em 1º e 2º lugar na disputa por equipes, que termina nessa quarta, 18/9, somando os resultados do 1º e 2º dia de provas. Nada menos que [sete dos 10 representantes do Brasil zeraram o percurso e os melhores resultados individuais do dia ficaram por conta de Laura Zanoide com Winner, 6ª colocada, e Henrique Dias Rennó Silva montando Oracle Tok, 7º.

Já na categoria Pré-junior, disputada a 1.30 metro contra o relógio em que a cada falta são acrescidos quatro segundos ao tempo final, os cinco primeiros lugares ficaram com o Brasil. Sagrou-se vencedor João Pedro de Almeida Chaves com Cuantica Loar, 71s26. Lara Ozores de Souza com SL Ilustre chegou em 2º lugar, 73s97, seguida por Philip Greenlees montando Premiere Avignon Z, 76s15, João Felipe de Albuquerque Maranhão com Vereda do Araucaria, 77s54, todos com percurso limpo, e a campeã sul-americana pré-junior 2018 Maria Luiza da Silva Martha Vieira com Arica du Caillou, 80s79 (já computados 4 segundos por uma falta). 

Os jovens talentos estão acompanhados, entre outros, por seus familiares, instrutores particulares, veterinários e o experiente treinador e ex-cavaleiro olímpico Caio Sérgio de Carvalho, bem-sucedido coordenador das categorias de base da CBH há mais de 10 anos. Ronaldo Bittencourt Filho, presidente da CBH no ciclo olímpico 2017 a 2020, que lidera a delegação, vem de campanha vitoriosa no Jogos Pan-americanos de Lima 2019, onde o Brasil conquistou ouro por equipes e individual no Salto, prata por equipes e bronze individual no Concurso Completo, e bronze por equipes no Adestramento, carimbando o passaporte para Toquio 2020.  

Em recente passagem por São Paulo, o maranhense Marlon Zanotelli, 31, integrante da equipe campeã no Salto e 1º ouro individual brasileiro no Salto na história dos Jogos Pan-americanos 2019, não teve dúvidas ao ser perguntado a que atribui a sua formação de base. "Com certeza os Campeonatos Sul-americanos da Juventude foram essenciais em minha formação como cavaleiro", declarou o campeão pan-americano Marlon, que mora na Bélgica e semana que vem volta ao país. Ao lado dos companheiros de equipe Pedro Veniss e Eduardo Menezes, Marlon prestigia o Concurso de Salto Internacional na Sociedade Hípica Paulista, entre 24 e 29/9.

Agenda

Pré-mirim - 1ª qualificativa individual, 17/9, 2ª qualificativa individual e final por equipes, 18/9, e final individual, 21/9
Mirim - 1ª qualificativa individual, 18/9, 2ª qualificativa individual e final por equipes, 19/9, e final individual, 21/9
Pré-junior - 1ª qualificativa individual, 17/9, 2ª qualificativa individual e final por equipes, 18/9, e final individual, 21/9
Junior - 1ª qualificativa individual, 19/9, 2ª qualificativa individual e final por equipes, 19/9, e final individual, 22/9
Young Riders - 1ª qualificativa individual, 18/9, 2ª qualificativa individual e final por equipes, 20/9, e final individual, 22/9

Confira os resultados do Brasil em 17/9.

Parcial Equipes - Pré-junior
1º Brasil Verde - 10,81 pp
João Pedro de Almeida Chaves / Cuantica Loar
Otaviano Vilaça / Azzaro du Sartiau
João Marcelo Monte Santos / Belina de Amoranda
Maria Luiza da Silva Martha Vieira / Arica du Caillou

2º Brasil Amarela - 13,91 pp
Philip Greenlees / Premiere Avignon Z
Antonio Johannpeter Cirne Lima / Unforgettable JM
João Felipe de Albuquerque Maranhão / Vereda do Araucaria
Augusto Bonotto Perfeito / Busch van het Prinsenveld

3º Argentina Blanco - 22,86 pp
4º Argentina Celeste - 23,34 pp
5º Paraguai - elm

Parcial equipes Pré-mirim

1º Brasil Amarela - 0/236s97
Nina Flausino Alves de Oliveira / Cancioneira 
Raissa Rezendo Oliveira / Hanna da Cabana
Barbara Thome Fischer / HF Dhara
Laura Zanoide de Moraes / Winner

2º Brasil Verde - 0/238s86
Giulia Atrasas Bolson / SL Bali III
Lina Barreto Capelo Beltrão / Kamila G
Henrique Dias Rennó Silva / Oracle Tok
Carol Sztamfater Chocolat / Chiya Z

3º Argentina Albiceleste - 4/218s98
4º Paraguay Roxo - 4/226s82
5º Argentina Celeste - 4/232s42

 

Assessoria de Imprensa CBH
Deixe seu Recado