21-Set-2018 19:13 - Atualizado em 22/09/2018 15:56
WEG 2018 - Tryon (EUA)

No Salto por equipes, USA (foto) é ouro Ouro; Suécia, prata, Alemanha, bronze

Cavaleiro brasileiro Pedro Veniss termina em 10º e está na final do Individual, no domingo (23/9)

banners,
Banners

No Salto por equipes,  USA (foto) é ouro Ouro; Suécia,  prata,  Alemanha,  bronze
1/6
No Salto por equipes,  USA (foto) é ouro Ouro; Suécia,  prata,  Alemanha,  bronze
2/6
No Salto por equipes,  USA (foto) é ouro Ouro; Suécia,  prata,  Alemanha,  bronze
3/6
No Salto por equipes,  USA (foto) é ouro Ouro; Suécia,  prata,  Alemanha,  bronze
4/6
No Salto por equipes,  USA (foto) é ouro Ouro; Suécia,  prata,  Alemanha,  bronze
5/6
No Salto por equipes,  USA (foto) é ouro Ouro; Suécia,  prata,  Alemanha,  bronze
6/6

weg 2018, 2018, imprensa,
WEG 2018
Em mais uma tarde ensolarada e quente, em Tryon, Carolina do Norte (EUA), a final de Salto por equipes reservou momentos emocionantes. Os times dos Estados Unidos e Suécia acabaram empatados e fizeram uma passada extra de desempate. Estados Unidos ficou com o Ouro, Suécia com a prata e Alemanha com o Bronze do pódio. Suíca, Holanda e Austrália ficaram em quarto, quito e sexto, respectivamente, garantindo vaga para a Olimpíada de Tókio,

O Brasil, que havia ficado na 14ª colocação, só teve dois cavaleiros em pista na tarde desta sexta-feira, 21, competindo pelo Individual entre 63 melhores classificados: Luiz Francisco de Azevedo, com Comic, que levou seis pontos de penalização, com um falta e dois pontos por estourar o tempo, terminou em 46º lugar. Já Pedro Veniss, com Quabri de I'Isli, com apenas uma falta, terminou na 10ª colocação do ranking individual e disputará a final de domingo, entre 25 conjuntos melhores colocados.

A final será disputada em duas partes. A primeira volta classificará 12 conjuntos para definir as medalhas, diferente das edições anteriores que classificava apenas quatro conjuntos, no chamado "Rodízio", no qual todos faziam um volta com seu  animal e mais três com os animais dos adversários, mantendo apenas a embocadura.

Veja abaixo a entrevista de Pedro Veniss na Zona Mista, após a passagem desta sexta-feira:

 

Revista Horse
Deixe seu Recado