04-Jul-2018 17:53 - Atualizado em 16/07/2018 09:30
Importação de cavalos

'Sangue Impuro' apura fraude de R$ 160 milhões

Ministério Público de Campinas cumpriu dois mandados de prisão temporária nesta quarta-feira (4/7); um dos investigados é competidor de hipismo

O Ministério Público Federal (MPF) em Campinas deflagrou nesta quarta-feira a operação Sangue Impuro para desarticular um esquema de importação de cavalos de competição com preços subfaturados. Alguns animais chegam a valer mais de R$ 1 milhão. A Receita Federal estima prejuízos que podem chegar a R$ 160 milhões, entre 2011 e 2015.

Segundo o MPF, uma das pessoas investigadas é fortemente ligada ao hipismo, sendo conhecida competidora de provas nacionais e internacionais, mas o nome não foi revelado.

Os investigadores descobriram que muitos cavalos que foram importados disputaram competições internacionais e tinham preço superior a 100 mil euros cada, mas eram declarados à Receita Federal brasileira por valores bem menores, geralmente entre 1,5 a 8 mil euros cada.

Foram cumpridos um mandado de busca e apreensão e outros dois de prisão temporária expedidos pela 9ª Vara Federal de Campinas contra integrantes da quadrilha.

De acordo com o procurador da República Fausto Kozo Matsumoto Kosaka, o esquema era orquestrado por doleiros, que eram responsáveis pelas transações de pagamento diretamente aos exportadores em outros países, sem que os valores e a negociação fossem declarados à Receita Federal e ao Banco Central.

 

O Globo
Deixe seu Recado