20-Jul-2020 14:31 - Atualizado em 23/07/2020 17:01
Retomada das atividades

São Paulo terá protocolo unificado para provas equestres e de bovinos

Medida foi anunciada nesta segunda-feira, 20/7, em videoconferência com a participação de entidades e imprensa especializada

horse, 2020, banners,
Horse

               Por meio de um alinhamento entre entidades equestres e de bovinos, o estado de São Paulo terá um Protocolo Sanitário Unificado para a realização de exposições morfológicas, julgamentos e leilões. Apresentado à imprensa nesta segunda-feira, 20/7,  o documento é baseado nos pilares Econômico, Jurídico, Saúde Humana e Bem-Estar Animal, com diretrizes básicas para mitigar os pontos de contaminação, desde a saída do animal da propriedade, até a chegada ao local da atividade e seu retorno.

                O documento será submetido ao Comitê Administrativo Extraordinário Covid-19 (Comitê de Crise), bem como aos membros do Centro de Contingência da Saúde. O passo seguinte é a publicação, pelo governo estadual, por meio de portaria ou decreto, regulamentando a realização das provas e eventos. A normatização contempla as mais variadas raças equinas e bovinas em todo o território estadual, obedecendo as medidas previstas pré-estabelecidas.

                O Protocolo Sanitário Unificado conta com apoio de entidades como Associação Brasileira de Criadores de cavalos, como Árabe (ABCCA), Quarto de Milha (ABQM), Brasileiro de Hipismo (ABCBH), Mangalarga Marchador, Puro Sangue Lusitano (ABPSL), Raça Mangalarga e Paint Horse (ABCPaint). Também assinam o Protocolo unificado a Confederação Nacional de Rodeios (CNR), Sindicato Nacional dos Leiloeiros Rurais, Jockey Club de São Paulo,  Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e Associação Brasileira de Veterinários de Equídeos (Abraveq), entre outras entidades. Entre os itens elencados, o documento estabelece que a presença de expositores e praça de alimentação nas provas, seguem a legislação local. Já com relação a liberação do local e trânsito de animais: será aplicada a Legislação Covid-19.

Revista Horse

Deixe seu Recado